Como sair das dívidas ganhando tão pouco

Muitas pessoas acham que não é possível se livrar das dívidas por não ganhar o suficiente para quitá-las. Mas já lhe digo que é possível, com planejamento e determinação, você conseguirá cumpri-la sem maiores problemas. Para isso, é importante reconhecer a sua situação, par

Defina o valor total das suas dívidas

O primeiro passo para sair das dívidas é saber exatamente quanto você está devendo e para quem está devendo. O processo é duro, mas necessário: liste todas as suas dívidas, seus valores (contando com os juros) e os respectivos credores. Com o total em mãos, será mais fácil definir quanto você tem que economizar por mês para quitar seus débitos e regularizar sua situação.

Crie uma meta mensal de economia

Não tem jeito: para quitar suas dívidas, será preciso cortar gastos e economizar. Com o valor total do que deve em mãos, crie uma meta mensal de economia para esse fim. O ideal é separar 15% da sua renda líquida para quitar as dívidas.
Em casos mais graves, é preciso apertar ainda mais o cinto e destinar uma quantia ainda maior para conseguir pagar os débitos e voltar a ficar com a conta-corrente no verde.

Tente renegociar a dívida

Tenha em mente que, assim como você quer pagar, o seu credor quer receber. Sendo assim, a renegociação da dívida é interessante para ambas as partes. Antes de entrar em contato com as instituições financeiras, lojas e afins, é importante se preparar para já chegar na conversa com uma proposta. Veja o quanto você pode pagar e não ultrapasse esse valor.

Troque sua dívida por outra melhor

Dívidas no rotativo do cartão de crédito e no cheque especial cobram os maiores juros do mercado. Para equilibrar suas finanças, é prudente até mesmo trocar as dívidas com juros mais altos como essas por outras que ofereçam taxas mais competitivas, como empréstimo consignado ou pessoal. Mesmo a médio prazo, essa troca fará toda a diferença no seu orçamento.

Controle seus gastos

Controlar os gastos é um passo importante para sanar suas finanças e efetivamente conseguir quitar suas dívidas. Veja onde estão suas maiores despesas e onde é possível cortar. Comece pelos gastos supérfluos, como lazer, restaurantes e cuidados pessoais. Contas de consumo, como luz, gás e telefone, também podem ser reduzidas com algumas mudanças de hábitos. O GuiaBolso pode te ajudar – em apenas 2 minutos você vê onde está gastando. Baixe agora e veja sua situação: iOS e Android.

Crie um fundo de emergência

Ter uma reserva de emergência é essencial para não ter que recorrer a empréstimos caso aconteça uma situação inesperada, como a perda de um emprego ou uma doença na família. Com as dívidas sob controle, é hora de pensar em montar um fundo para poder recorrer caso tenha alguma despesa financeira não prevista. O ideal é que essa reserva seja correspondente a um valor de três a seis salários líquidos.
Sair das dívidas ganhando pouco é possível! Para alcançar esse objetivo, é importante manter o foco, gerenciar seus gastos como sabedoria e mudar de hábitos.
Ainda tem alguma dúvida sobre como quitar os seus débitos mesmo ganhando pouco? Deixe aqui nos comentários! 


Herberth Reis

19 Blog Postagens

Comentários